Início » blog » Especial Quadrinhos 2/4 – Entrevista com RYOTIRAS

Especial Quadrinhos 2/4 – Entrevista com RYOTIRAS

Fala galera, depois de um longo tempo sem postar, estamos de volta com um post/entrevista com o Ricardo, ou RYOT que tem o ótimo blog de tiras diárias:  ryotiras.

choice

Continuando o Especial sobre tiras, hoje teremos um convidado muito especial para mim, o RYOT. Conheci seu blog de tiras há uns três anos e é uma das minhas visitas diárias desde então. Como estamos falando sobre tiras, quem melhor para falar sobre isso, do que um autor de tiras na web?

Uma coisa que vocês podem observar no trabalho dele, é que seus desenhos são bastante versáteis e tratam de diversos assuntos. Uma tira dele pode te fazer parar pra pensar num dia e no dia seguinte te deixar sem entender nada, te fazer mijar de tanto rir ou te deixar viajando, beeem viajando!

No próximo post, trarei mais exemplos de tiras na web com nomes bem “famosos”!

Fiquem com o texto feito pelo próprio RYOT  e com algumas das minhas tiras preferidas de seu blog. Espero que gostem!

origens

Fala Eduardo, muito obrigado por esse espaço, e espero que dê tudo certo em seus projetos por aí!

É extremamente importante para mim, e para o RyotIras consequentemente, poder falar sobre o meu trabalho. Como eu sempre digo, esse reconhecimento é o que torna o RyotIras o que é.

Passamos por uma revolução tecnológica nos últimos anos, e está cada vez mais impossível viver sem alguns desses novos recursos. Cartões magnéticos, senhas virtuais, programas de computador e principalmente a Internet vêm se tornando indispensáveis no nosso dia a dia causando mudanças em quase todos os setores. Desde uma simples padaria da esquina até as maiores corporações usam os computadores e a internet para crescerem e se firmarem no mercado.

ninja2

E mundo dos quadrinhos não escapou dessa. As webcomics surgiram e se tornaram uma maneira bastante viável de se divulgar um trabalho. Antes era preciso passar por editoras, agências, empresários e burocracias para ter algo publicado para uma gama maior de pessoas além da sua família e amigos. Hoje em dia basta um ou dois cliques para que você coloque sua HQ ao alcance do mundo todo. É uma mudança tremenda, já que essa exposição vêm dependendo cada vez menos dos outros e cada vez mais do próprio artista.

playmobil

Porém, é claro que existem desvantagens. É fato que ler algo na tela do computador não é a mesma coisa que ler um impresso. O cansaço da vista é bem maior. Aí que entra o grande trunfo das tirinhas pois elas são curtas e de rápida leitura. Por isso o sucesso das HQs na internet remetem-se principalmente à esse estilo, salve as raras exceções.

Para o RyotIras, essa revolução caiu como uma luva. As primeiras tiras foram impressas e se não fosse essa publicação on-line creio que difícilmente elas vingariam, pois além do que já foi falado, uma outra imensa vantagem dessa divulgação virtual é o custo. Melhor dizendo, a falta de custo. Quando imprimíamos algum material para distribuição geralmente tirávamos do nosso próprio bolso, ou seja, tirando pouco de quase nada, e isso acabava nos dando um alcance muito curto de público. Na Internet não havia prejuízo algum que podia barrar nossos ideais.

rumba


> Como começou


Comecei a fazer tiras para um fanzine que eu e um colega publicávamos, quando eu ainda morava em Limeira, interior de São Paulo. O fanzine se chamava Distúrbio e possuía um conteúdo de protesto contra algumas coisas que discordávamos do nosso sistema de vida nos dias de hoje. Assim, meu início foi algo bastante voltado para esse teor crítico. Fui percebendo desde o começo que as tirinhas tinham um potencial bem mais poderoso do que se imagina. Dando mais atenção a essa linguagem, comecei a perceber melhor a forma como os quadrinhos que eu já acostumava a ler continham mensagens bastante profundas mas mostrando tudo de uma maneira leve. Isso me deixou fascinado. Me apaixonei por essa forma de expressão e desde então tenho trabalhado intensamente nos desdobramentos que as tiras podem oferecer, sendo o RyotIras o resultado de toda essa experimentação.

lulalol

ditadentadura

> Quem te inspira – seus ídolos, referências de autores ou sites

As influências são inúmeras. Mesmo dentro dessa área de webcomics existem muitos cartunistas competentes e que geram ótimos trabalhos, muita gente mesmo, todo dia descubro um melhor que o outro. O último deles foi o argentino Pablo Holmberg que tem o http://www.kioskerman.com.ar/ com as tiras Éden, onde ele explora uma vertente mais poética. O que é algo bastante inusitado, principalmente pra maioria das pessoas que vêem quadrinhos somente como gags manjadas.

Como eu disse é muita gente, mas é importante que eu cite alguns nomes como o grande Laerte que provocou uma revolução, pelo menos para mim, na forma de ver tirinhas; o André Dahmer que foi um dos pioneiros nesse lance de publicar os trabalhos diretamente e somente na internet; e tem Charles Shulz, meu xará Liniers, Bill Waterson, Quino, Kaz, Angeli, Iturrusgarai, Gonsales, Mutarelli, Satrapi, Spielgman, Mccloud, Sica, Bá e Moon, Grampá, Lafayete, a galera do Cyanide & Hapiness, ButterSafe, Sadamoto, e mais uma pancada de gente!

E só falando em quadrinhos, pois meu trabalho é hiper influenciado por outras mídias também como cinema, música, literatura, animação, teatro, etc.

lost


> Trabalhos preferidos – aquelas suas tiras xodós, que você se orgullhou de fazer

Bom, é difícil viu. Mas eu acabo me apegando mais às que eu pude trabalhar melhor. Pra vocês entenderem: eu tenho que dividir minha dedicação ao RyotIras com meu trabalho fixo (ou seja, não freelancer) de ilustrador/animador, minha faculdade, meu estágio como webdesigner/programador web/administrador de conteúdos, aulas de japonês, aulas de música. Infelizmente o RyotIras fica praticamente em último em questão de prioridades, daí que raramente posso trabalhar com mais afinco nos desenhos.


> Postar uma tira por dia no seu blog é…

É um grande desafio, um ótimo exercício de criatividade e um enorme prazer. Principalmente quando percebo que realmente existem pessoas visitando o site diariamente esperando encontrar algo novo. O reconhecimento dessas pessoas é o que mantém esse meu compromisso já que não há nenhum fator financeiro que me obriga a praticar essa periodicidade. Minha gratidão é infinita!

mindffucl

saveamy

tediot

olhomagico

formigas

Anúncios

11 Comentários

  1. […] um post sobre o RYOTIRAS no Projeto Ankaa com algumas palavrinhas […]

  2. Stela. disse:

    ricardo total flex… nem tem tempo de fazer tirinha… mas acho que isso de não dizer a tira preferida foi uma de “joão sem braço” pra dizer que ele acha todas as tirinhas dele foda, disfarçando-se de humilde… pensa que me engana, japa? hehehehe adoro! 😛

  3. Stivenson disse:

    gostei mtu do Post! acompanho as ryotiras a um bom tempo…e sou mtu fã! =D Parabéns… e Sucesso para o Projeto Ankaa e pro Ryotiras =D

  4. Carol disse:

    Parabéns, Ricardo!! Sou sua leitora assídua!!
    E parabéns ao site pela entrevista!!
    🙂

  5. Fox disse:

    Ryotiras é um gênio. Não deixo de visitar nem um dia
    =D

  6. Anônimo disse:

    Ryotiras é um gênio. Não deixo de visitar nem um dia (2)

  7. Bruno disse:

    Muito bom…
    Ryotiras é um ótimo site, as tiras do Ricardo são, definitivamente, uma das melhores (se não forem AS melhores).
    Parabéns!

  8. o site do Ryot já faz parte do meu cronograma diário virtual. Ótima entrevista com este rapaz, que pra mim, no mínimo a mãe deixou cair no chão quando era bebê. haha. Um abraço.

  9. […] Selecionei algumas de suas tiras que mais gosto para ilustrar o post. O que tá esperando? VÁ PRO POST! […]

  10. […] de longa data das tiras do ryot, fiz uma “entrevista” com ele (post – Projeto Ankaa) e como apreciador do seu trabalho, ele sempre consegue te surpreender com suas tiras. Seja fazendo […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: